Especialidades Cenpreorto: Ortodontia, Distúrbios do Sono e Odontologia

Ortodontia e Ortopedia Facial

Um sorriso bonito está associado ao bom alinhamento dos dentes, o posicionamento correto das arcadas, a consistência dos músculos e o tipo de face. Além da estética, esses fatores afetam as funções bucais, especialmente a mastigação e fonação.

Por isso, é importante tratar as más oclusões, que podem ser de origem genética ou de hábitos prejudiciais, como o uso excessivo de chupetas e mamadeiras e o costume de roer unhas.

Certamente, é possível evitar alguns danos com prevenção. Mas existem maneiras de tratar essas alterações de forma eficiente, através das especialidades da Odontologia, que são a Ortopedia Funcional dos Maxilares e a Ortodontia.

Ortopedia Funcional dos Maxilares

A ortopedia funcional dos maxilares é a especialidade da Odontologia que atua durante o crescimento e desenvolvimento facial. O objetivo é preservar, monitorar ou intervir no momento adequado para harmonizar o desenvolvimento facial e dentário. Para isso, são usados aparelhos removíveis (móveis) com forças leves e intermitentes.

Ortodontia

A Ortodontia é a especialidade que atua sobre o posicionamento dos dentes e a das alterações ósseas da face por meio de aparelhos fixos tradicionais ou alinhadores (Invisalign). Esses aparelhos exercem ação mecânica sobre os dentes e maxilares com forças de maior magnitude e de ação continua.

O diagnóstico precoce é fundamental para que a intervenção seja feita na hora certa, com melhores resultados, menor custo e tempo. Mas independentemente da idade ou complexidade dos problemas, sempre é possível  transformar um sorriso de forma satisfatória.

Disfunção da Articulação Temporomandibular (ATM) e Dor Orofacial

A ATM (Disfunção da Articulação Temporomandibular) é uma patologia que afeta principalmente as mulheres. O principal sintoma é a dor. A localização pode variar: região próxima do ouvido, face, cabeça, pescoço, ombros e dentes são as mais comuns.

A origem dessa disfunção é determinada por alguns fatores. Entre eles estão o do apertamento ou ranger de dentes durante o dia ou do sono, o hábito de roer unhas, o uso excessivo das gomas de mascar (chicletes), entre outros. Diversos fatores podem desequilibrar a harmonia funcional dessa região.

A ATM também está associada à predisposição genética para sensibilidade dolorosa. Alguns traumas, acidentes ou sessões odontológicas de longa duração também podem ser responsáveis pelo início dos sinais dolorosos. Além disso, a ATM também pode estar envolvida à própria articulação temporomandibular e/ou aos músculos da mastigação, do pescoço e dos ombros.

O diagnóstico da ATM é feito, geralmente, por cirurgião dentista capacitado para isso. Mas equipes interdisciplinares formadas por médicos de diferentes especialidades, fisioterapeutas, fonoaudiólogos e psicólogos podem estar envolvidas na elaboração de um diagnóstico preciso.

O tratamento da Disfunção da Articulação Temporomandibular, na fase inicial ou aguda, normalmente tem bons resultados. Quando o problema é crônico, a disfunção pode se tornar mais complexa. O tratamento geralmente é conservador e inclui orientações, medicamentos, uso de placas ortodônticas e fisioterapia individualizada. Mas, caso a evolução não seja adequada, podem ser necessárias atividades mais invasivas. Como exemplo está a injeção de substâncias dentro da articulação e cirurgias. O diagnóstico deve ser individualizado e o encaminhamento aos demais especialistas pode ser necessário.

Ronco e Apneia Obstrutiva do Sono

O ronco e a apneia obstrutiva do sono são distúrbios do sono bastante comuns, mas que podem ser tratados com eficiência pela Ortodontia, para mais qualidade de vida.

O ronco

O ronco acontece quando, por algum motivo, as vias aéreas superiores na região da garganta (orofaringe) estão estreitadas e relaxadas durante o sono. O ar passa por essas vias e há uma vibração dos tecidos que ocasiona o ruído.
Além de causar constrangimento e desconforto, o ronco pode esconder uma patologia com severas consequências para a saúde chamada apneia obstrutiva do sono.

A apneia obstrutiva do sono

A apneia obstrutiva do sono é doença caracterizada pela obstrução das vias aéreas superiores, impedindo a passagem do ar para os pulmões. Mesmo que dure poucos segundos, a apneia traz prejuízos importantes para a saúde. A cada episódio de apneia, o indivíduo desperta inconscientemente, alterando a fisiologia do sono e do organismo.

Geralmente, o ronco e a apneia do sono estão associados à idade, ao sobrepeso, consumo de álcool e alterações anatômicas da face. Dependendo da gravidade, a apneia pode causar ou agravar problemas da saúde geral. Alguns exemplos são a hipertensão arterial, acidentes vasculares cerebrais, diabetes e impotência sexual.

Além disso, quem sofre de apneia corre um risco maior de acidentes de trânsito ou de trabalho, devido à sonolência diurna que o sono fragmentado e noites mal dormidas podem ocasionar.

Tratamento do ronco e apneia do sono

Os tratamentos do ronco e da apneia do sono podem ser clínicos ou cirúrgicos. Os tratamentos clínicos efetivos são a pressão positiva de ar (CPAP) e os aparelhos ortodônticos intraorais. Mas há tratamentos considerados auxiliares como a fonoaudiologia e fisioterapia respiratória.

A definição de qual tratamento é o mais indicado deve ser feita por uma equipe formada por médico e dentista especialistas em distúrbios do sono.

Odontopediatria e odontologia preventiva

A Odontopediatria é sinônimo de odontologia para crianças. É comum que essa especialidade seja relacionada a problemas bucais e faciais como cáries, inflamações de gengivas e más oclusões, que afetam a maioria das crianças.

Mas, atualmente, a odontopediatria deve ter como foco a prevenção. Em primeiro lugar, o acompanhamento profissional faz com que pais e filhos cuidem adequadamente da boca e dos dentes das crianças desde cedo. Através das orientações, é possível prevenir os problemas bucais e, quando necessário, recuperar a condição de plena saúde bucal.

Com capacitação profissional e experiência, é possível fazer o acompanhamento frequente e tratamentos necessários sem traumas e medos. Como resultado, no decorrer do crescimento do paciente, o mesmo ganha motivação para tomar os cuidados necessários com a saúde bucal.

Dessa forma, encarar as visitas ao consultório do dentista como uma atividade natural e positiva é fundamental. Aprender a cuidar da saúde bucal e adotar uma atitude consciente no presente e no futuro é o mais importante.

Clínica Geral

Assim como para as crianças, a visita regular ao dentista é fundamental para a boa saúde bucal de adultos. Com foco na prevenção, a Clínica Geral faz o acompanhamento e também o tratamento de problemas bucais, evitando consequências mais graves.

Acima de tudo, o Cenpreorto trabalha com tratamentos humanizados e eficientes. Além de priorizar procedimentos minimamente invasivos, a clínica oferece equipamentos modernos, técnicas e materiais de qualidade. Dessa forma, o atendimento tem foco na preservação dos dentes, ossos de sustentação dentária e gengivas, para sorrisos mais saudáveis.

Agende uma avaliação

Ligue ou envie um WhatsApp agora mesmo

(41) 3224-1837

(41) 99694-1111